Apetece-lhe um gin? Este é feito a pensar no Planeta

É cada vez mais importante criar produtos que correspondam às necessidades humanas mas que em simultâneo, contribuam positivamente para o ambiente. O termo “climático positivo” (climate-positive) associa-se a um produto que vai além de zero emissões de carbono para gerar um benefício para o ambiente, retirando dióxido de carbono adicional da atmosfera.

Na Escócia, os cientistas da Arbikie Distillery desenvolveram o primeiro gin climate-positive, através de ervilhas. O Nàdar Gin, evita mais emissões de dióxido de carbono do que produz em cada garrafa de 70cL, tendo uma pegada de carbono equivalente a -1,54 kg.

Durante a destilação, os restos das ervilhas são transformados num produto que serve para ração animal, no entanto, o grupo está a investigar se é possível a proteína extraída ser isolada e consumida também por humanos. 

Kirsty Black, responsável pelo gin, afirmou “Ao produzir o primeiro gin do mundo climático positivo, estamos a tomar medidas para melhorar o nosso impacto ambiental, enquanto demonstramos o que pode ser alcançado quando investigadores e empresas com ideias semelhantes se juntam“.

A investigadora estudou durante cinco anos, na Universidade Abertay e no Instituto James Hutton, o potencial das leguminosas (ervilhas e feijões) como matéria prima ambientalmente sustentável para a indústria de bebidas destiladas e de cerveja.

A Arbikie Distillery assumiu recentemente o compromisso da produção dos seus produtos de forma sustentável e ética.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...