Elefantes separados há 20 anos reencontram-se efusivamente (com FOTOS)

A expressão memória de elefante não dura até aos nossos dias em vão. A prova disso é a história protagonizada pelos elefantes Shirley e Jenny, que se reencontraram vinte anos depois de terem sido colegas de circo e, na verdade, imediatamente começaram a brincar.

A história não é de hoje – remonta a 1999 – mas só agora chegou à imprensa. Shirley e Jenny eram animais de circo até finais dos anos 70, até que se separaram no Texas, Estados Unidos. Mais de vinte anos depois, em 1999, os dois animais reencontraram-se no santuário de animais no Tennessee, tendo imediatamente recuperado a amizade: eles trancaram as respectivas trombas, abraçaram-se e brincaram um com o outro.

O vídeo mostra, inclusive, que os elefantes chegaram a dobrar barras de metal para ficarem mais próximos. “Foi dramático”, explicou Carol Buckley, antiga directora do santuário para animais em Hohenwald, Tennessee.

“Houve uma emergência imediata no comportamento de Jenny. Ela queria ficar perto de Shirley e tornou-se violenta, batendo na porta e tentando escalá-la”, escreveu Buckey no site do santuário.

“À medida que Shirley conseguiu ir para a cela adjacente, a interacção entre as duas tornou-se intensa”, continuou.

Quando se conheceram, no Carson and Barnes Circus, Shirley tinha cerca de vinte anos e Jenny era apenas uma bebé. Um estudo desenvolvido pela Universidade da Pennsylvania, em 2011, concluiu que a lenda de que os elefantes nunca esquecem pode ser verdadeira. Os pesquisadores descobriram que os elefantes formam laços eternos com os seus amigos e conseguem reconhecê-los depois de um período grande de ausência.

[nggallery id=314 template=greensavers]

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...