Emirates Airlines proíbe transporte de trofeus de caça animal nos seus aviões

A companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos não transportará a bordo dos seus aviões mais nenhum troféu de caça exótico. A medida entrou e vigor a 15 de Maio e pretende dificultar aos caçadores o transporte de animais como elefantes, tigres, leões ou rinocerontes que tenham sido abatidos, mesmo que de forma legal.

“Informamos que a partir de 15 de Maio a Emirates SkyCargo não aceitará o transporte de qualquer tipo de troféu de caça nos serviços da Emirates. Esta restrição é aplicável a todos os troféus de caça animal, protegidos ao abrigo da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas de Fauna e Flora Selvagens (CITES), bem como espécies que não estejam actualmente ameaçadas, ou seja todas as espécies CITES e não-CITES”, indicou a Emirates Airlines em comunicado citado pelo Dodo.

“A decisão serve para apoiar os governos, organizações intergovernamentais e não-governamentais, que monitorizam as populações de animais selvagens com o intuito de acabar com o comércio ilegal e o transporte de troféus de caça para todo o mundo”, lê-se ainda no comunicado.

Com a decisão, a Emirates junta-se à South African Airways, que já havia implementado semelhante proibição recentemente.

Foto: Pieter v Marion / Creative Commons

Deixar uma resposta