EPAL ganha dois tubos de Ouro no maior congresso do Sector do Água e do Ambiente



A EPAL ganhou 2 de 5 Tubos de Ouro entregues na noite de ontem no ENEG – Encontro Nacional de Entidades Gestoras de Água e Saneamento. Sustentabilidade e Inclusão levaram a Empresa à vitória.

O primeiro Projeto distinguido da EPAL foi o “Educar para a Proteção dos Ecossistemas e da Biodiversidade”, na categoria “Melhor Ação de Sustentabilidade”. A EPAL tem desenvolvido diversas iniciativas, asseguradas pela Direção de Comunicação, Marketing e Educação Ambiental, com o objetivo de proporcionar conhecimento, a crianças, jovens e adultos, quanto à Conservação da Natureza e ao respeito que devem ter pela mesma, preservando os ecossistemas e toda a biodiversidade.

A EPAL é parceira de ONGA e, nesse âmbito, têm sido promovidas ações dirigidas a toda a Comunidade, entre elas, plantações, webinarsworkshops, apadrinhamento de animais selvagens e o Programa de Ocupação de Tempos Livres “Naturalmente de férias!”. Estas parcerias (QUERCUS, ZERO, LPN – Liga para a Proteção da Natureza, ABAE – Associação Bandeira Azul da Europa e GEOTA), surgem da necessidade de alertar a sociedade e são estabelecidas através de um Protocolo de Cooperação Estratégica para o Aumento do Valor Ambiental da Empresa e Promoção da Sensibilização Ambiental.

De salientar ainda que a EPAL tem ainda dois projetos “Rede de Bebedouros de Lisboa” com a parceria da Câmara Municipal de Lisboa e GEOTA que oferece a todos os lisboetas e demais visitantes livre acesso ao consumo da excelente água da rede pública, de forma gratuita, higiénica e facilitada; e a Campanha “Aqui bebo Água da Torneira” nos Restaurantes de Lisboa, com a parceria da Zomato.

A proteção da biodiversidade e dos ecossistemas está também presente nas ações de sensibilização e educação ambiental para o público escolar. “O planeta é a nossa Casa”, um livro em forma de conto sobre esta temática, foi lançado a pensar nos mais pequenos.

Na categoria “Melhor Ação Valor da Água” o prémio foi para “Comunicar para Todos – Parcerias para a implementação de uma comunicação Multiformato”, um Projeto que apresenta ações de comunicação em formatos acessíveis, com o objetivo de contribuir para uma sociedade mais inclusiva.

O desafio teve o acompanhamento técnico do INR – Instituto Nacional para a Reabilitação, I.P., do Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, e concretizou-se, ao longo deste ano, com vários momentos enquadrados no âmbito da celebração dos dias relevantes para a temática.

As iniciativas contaram ainda com a ACAPO – Associação dos Cegos e Amblíopes de Portugal, com o Serviin – Portal do Cidadão Surdo e com a APCB – Associação de Paralisia Cerebral de Braga e com a colaboração de diversas Associações, na partilha destes conteúdos junto dos seus públicos, nomeadamente, Fundação LIGA, APCL – Associação de Paralisia Cerebral de Lisboa e a CERCI Lisboa.  As descrições e as imagens dos mesmos foram adaptadas para escrita pictográfica e os vídeos em língua gestual portuguesa.

Importa ainda realçar que a EPAL já disponibiliza a fatura em Braille, o folheto de “Informações Úteis” na gestão do contrato em Braille, e implementou também o serviço único e diferenciador do Serviin, que permite à comunidade surda comunicar em língua gestual com a EPAL através de vídeo chamada. Mais recentemente, passou a contar com a APCB – Associação de Paralisia Cerebral de Braga, que produz os conteúdos em escrita pictográfica.

A EPAL irá dar continuidade às suas iniciativas de comunicação em multiformato com o objetivo de conseguir levar a mensagem do Valor da Água ao maior número de públicos possível.

Os vencedores dos restantes três prémios foram a Águas do Norte, a Aquapor e a Câmara Municipal do Barreiro, tendo ainda sido distinguido, com duas menções honrosas, a empresa municipal de água e saneamento de Beja.

O ENEG é o maior Congresso da Água e os prémios são atribuídos por um júri altamente qualificado.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.