Espanha: em 2018 sacos de plástico serão taxados até 30 cêntimos

Espanha vai dar um passo enorme na preservação do meio ambiente. A partir de 1 de Janeiro de 2018 todas as lojas do país ficam proibidas de oferecer sacos de plástico aos seus clientes. Todos os estabelecimentos terão de cobrar entre 5 a 30 cêntimos por saco, consoante o tipo de material da embalagem. Quem não cumprir esta directiva arisca-se a uma coima com valores ainda por definir.

Implementada pelo Ministério da Agricultura e Pescas, Alimentação e Meio Ambiente, a nova medida segue a directiva europeia de 2015, que tem como objectivo a redução significativa de sacos de plástico, em especial os que não são biodegradáveis.

Independentemente da dimensão da loja ou estabelecimento comercial, com o início do novo ano esta acção de defesa ambiental passa mesmo a ser obrigatória em todo o território espanhol, segundo avança o El País. A única excepção estará nos sacos usados para transportar produtos vendidos a granel, caso da fruta e legumes.

Aprovada em Abril de 2015, a directiva comunitária que impulsiona esta mudança em terras espanholas tem como objectivo a redução do consumo anual de sacos de plástico na União Europeia. A meta é grandiosa e estabelece que até 2019 o consumo anual de sacos de plástico não deverá ultrapassar as 90 unidades por pessoa, com este número a ficar reduzido a 40 unidades até 2025.

Foto: via Cretive Commons 

Deixar uma resposta

Patrocinadores