Esta é a maior caverna do mundo, e tem duas florestas virgens

Existem pelo mundo locais onde o ser humano ainda não interveio, onde ecossistemas e uma grande diversidade de espécies se vão desenvolvendo sem qualquer conhecimento do Homem. É o caso desta caverna no Vietname, descoberta apenas em 1990.

Situada no Parque Nacional Phong Nha-Ke Bang, Património Mundial da UNESCO, a Caverna Son Doong foi considerada a maior do mundo. Com mais de 5 quilómetros de comprimento e 200 metros de altura, estima-se que se tenha formado entre 2 a 5 milhões de anos atrás.

É um lugar único na natureza rico em biodiversidade com muito por descobrir ainda pelos especialistas, com duas florestas tropicais primárias nomeadas “Jardim de Edam” e “Cuidado com os Dinossauros”, um rio, várias formações de rochas de calcite e outros minerais (espeleotemas), uma estalagmite com 80 metros e diversas espécies animais e vegetais.

 

Os cientistas já relataram a descoberta de novas espécies de peixes e de Oniscidea, tal como observaram vários mamíferos, pássaros, insetos e caracóis do tamanho de uma bola de basebol.

A Son Doong foi encontrada há 30 anos por Ho Khanh, um habitante local que andava pela selva, mas que acabou por perder a sua localização e só a recuperar em 2008. A descoberta foi relatada à British Caving Research Association (BCRA) e as primeiras expedições, muito restritas, começaram em 2009 com equipas de cientistas.

Em 2013 a Caverna foi aberta ao público através de uma empresa de turismo, mas até hoje as entradas são poucas e limitadas, de forma a que o ecossistema não comece a sofrer alterações.

Experimenta fazer uma visita guiada ao local com imagens em 360 graus, da National Geographic.

 

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...