com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Estudantes criam máquina que separa microplásticos da areia

Os seres humanos geraram 8,3 biliões de toneladas métricas de plástico desde 1950. Apenas 9% dos resíduos plásticos são reciclados e a grande maioria acaba em aterros e no meio ambiente, onde se desagrega em micropartículas que poluem as águas e o ar, prejudicam a fauna marinha e, finalmente, são ingeridas pelos seres humanos.

Foi a pensar nisto que um grupo de estudantes de engenharia da Universidad de Sherbrooke, no Canadá, decidiu fabricar um equipamento, batizado de Hoola One. O aparelho funciona como um grande aspirador capaz de separar a o microplástico da areia da praia.

A máquina aspira a areia misturada com partículas de plástico e envia-a para um tanque com água. Neste tanque acontece a separação. Como a areia é mais pesada, fica no fundo. Já o plástico, flutua. Com a separação terminada, a areia volta para a praia. O microplástico é absorvido e fica num reservatório dentro da própria máquina.

“Descobrimos que não existe uma máquina que faça este trabalho, por isso decidimos criar uma”, explica um dos criadores da Hoola One.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...