Evereste deslocou-se três centímetros devido ao terramoto do Nepal

O sismo de magnitude 7,8 que no passado mês de Abril devastou o Nepal provocou a deslocação do Monte Evereste três centímetros para sudoeste, revertendo o movimento gradual da montanha para nordeste. A informação foi confirmada pela Administração Nacional de Topografia, Cartografia e Geoinformação da China.

Antes do terramoto, o Evereste já se tinha movido 40 centímetros para noroeste na última década, à velocidade de quatro centímetros por ano. A montanha também se elevou três centímetros no mesmo período de tempo, escreve o Phys.org.

Os dois sismos – a 25 de Abril e 12 de Maio – mataram mais de 8.700 pessoas no Nepal, dando origem a deslizamentos de terra e destruindo meio milhão de casas.

Foi o primeiro abalo de terra que provocou a deslocação do Evereste e que causou uma avalanche, que matou 18 alpinistas que se encontravam a escalar o monte. Também o acampamento base ficou destruído, o que levou as autoridades chinesas e nepalesas a cancelar o resto da época de escalada deste ano.

Foto: zsozso68 / Creative Commons

Deixar uma resposta