Explorações agrícolas vão ter apoios à produção fotovoltaica para autoconsumo

A Ministra da Agricultura, Maria do Céu Antunes, anunciou esta quarta-feira no Parlamento que serão lançados apoios à produção fotovoltaica para autoconsumo em explorações agrícolas e a promoção de comunidades energéticas, nomedamente, nos sistemas coletivos de regadio.

“Mais do que subsidiar os fatores de produção, aquilo que queremos é uma política que baixe os custos de produção, nomeadamente tendo em conta a eficiência energética e a produção para autoconsumo”, afirmou a Ministra.

A medida foi anunciada após a intervenção do deputado João Miguel Nicolau, que referiu a “necessidade de coerência na adoção de uma política energética”, lembrando que “a aprovação do regime, em 2020, da eletricidade verde representa uma ajuda à redução de custos de produção”, mas que “são ainda necessárias medidas de redução de consumos”.

Maria do Céu Antunes aproveitou também o momento na Comissão de Agricultura e Mar para congratular a resiliência e a eficaz adaptação do setor agrícola aos tempos de pandemia, e revelou alguns objetivos a aplicar no futuro, entre eles, um financiamento que reforce a segurança, a sustentabilidade e a qualidade da produção, e a promoção da agricultura biológica e familiar.“Queremos uma agricultura mais atrativa, mais moderna, mais resiliente e cada vez mais sustentável, sem deixar ninguém para trás” sublinhou.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...