FREE NOW regista aumento de 212% nas viagens em veículos elétricos em Portugal

Aproveitando o arranque da Semana Europeia da Mobilidade, a FREE NOW – joint venture de multi mobilidade que oferece serviços de TVDE,  Táxi, e de micro-mobilidade como e-scooters, e-bike e trotinetes – acaba de revelar alguns dos resultados já alcançados no âmbito da iniciativa “Make a Move”.

Desde o lançamento da iniciativa, através da qual a FREE NOW pretende atingir a neutralidade carbónica até 2030, a plataforma assinalou um crescimento de 67% no número de veículos elétricos ou BEV (Battery Eletric Vehicules) e de 71% no total de motoristas ativos a optarem por esta solução. Atualmente, a quota de viagens em território nacional de BEV face ao total é agora de 26%. É de realçar que, desde o começo do ano, as viagens de BEV registaram um aumento de 212% no país.

A FREE NOW pretende tornar-se na primeira plataforma de mobilidade a atingir o nível zero de emissão de carbono, e como tal, tem levado a cabo várias iniciativas com resultados a nível global que considera bastante promissores: O número de motoristas BEV ativos na plataforma aumentou em 20%, as novas bicicletas, scooters e veículos partilhados disponíveis já ultrapassam as 130 mil e já foram poupadas 173 mil toneladas de emissões de dióxido de carbono (CO2).

Além de promover meios de transporte mais sustentáveis, a FREE NOW lançou igualmente um inquérito aos seus utilizadores a nível europeu. Foram inquiridos cidadãos dos países Áustria, Alemanha, França, Itália, Portugal, Espanha, Irlanda, Polónia, Roménia e Reino Unido. Quando questionados sobre a sua preferência por mobilidade mais sustentável, 7 em cada 10 europeus respondeu preferir “muito”. Quase 50% dos inquiridos afirma valorizar “muito mais” viajar em veículos elétricos e 65% confessa que gostaria de ter uma opção-padrão por BEV na aplicação. Além disso, quase 20% mostra-se disposto a pagar mais por viagem de BEV do que por outro tipo de veículo.

“Todos os números que agora revelamos, quer sejam relativos à nossa operação nacional e internacional ou mesmo relacionados com o inquérito lançado a nível europeu, deixam claro que existe uma cada vez maior consciencialização dos consumidores para a necessidade de se moverem de forma mais sustentável. É uma evidência à qual não fugimos e para a qual nos temos vindo a preparar no sentido de responder da melhor forma às pretensões de quem procura os nossos serviços. Os objetivos definidos até 2030 são bastante ambiciosos, mas perfeitamente exequíveis e julgo até que em Portugal, pela evolução e aceitação que o mercado tem tido, acreditamos que iremos atingir estas metas antes do previsto”, afirma Bruno Borges, Country Manager da FREE NOW.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.