Gingko com 1.400 anos transforma templo budista num oceano amarelo (com FOTOS)

A beleza outonal da Gingko

Haverá algo mais belo que uma ginkgo com 1.400 anos deixar um templo budista chinês completamente amarelo? Desde meados deste mês que este é o cenário no templo budista de Gu Guanyin, nas montanhas Zhongnan, naquele país asiático.

Poucas fotos poderão reflectir melhor o que é o Outono que estas, publicada pelo Bored Panda. Segundo o site, esta gingko atrai milhares de visitantes todos os anos – a maioria de fora da China – e é fácil de perceber qual a razão.

Conhecida com um fóssil vivo, uma vez que já existia há mais de 200 milhões de anos, no tempo dos dinossauros, a Gingko é considerada um símbolo de paz e longevidade, por ter sobrevivido às explosões atómicas no Japão. E de mudança.

Deixar uma resposta

Patrocinadores