Grupo Águas de Portugal vai produzir toda a energia que consome até 2030

O grupo Águas de Portugal comprometeu-se hoje a produzir toda a energia que consome até 2030 com um investimento de cerca de 370 milhões de euros que permitirá emitir menos 205 mil toneladas de dióxido de carbono anualmente.

O programa de Neutralidade Energética, apresentado hoje em Lisboa, prevê que a Águas de Portugal produza e armazene energia obtida totalmente de fontes renováveis, incluindo a partir das redes de distribuição e tratamento de águas e esgotos e contempla ainda a produção e co-produção de hidrogénio.

O ministro do Ambiente e Ação Climática, João Pedro Matos Fernandes, afirmou aos jornalistas à margem da apresentação que “é o primeiro [grupo] no mundo no ciclo urbano da água” a apontar para a neutralidade energética, o que trará “ganhos significativos nas contas da própria empresa”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...