Honda ultima nova tecnologia que evita filas de trânsito

Quem já passou – ou passa diariamente – por congestionamentos de trânsito sabe que estes podem deixar-nos irritados e estragar-nos o dia, ou o que resta dele. As filas de automóveis que todos os dias param as nossas cidades são também uma ameaçada à economia e, claro, ao ambiente.

Para tentar mudar a forma como os cidadãos conduzem os seus automóveis, a Honda está a preparar um sistema que monitoriza os padrões de aceleração e travagem dos condutores, determinando assim se este comportamento poderá levar a um engarrafamento.

Através de um modelo de cores, o sistema encoraja uma condução mais suave, menorizando a pressão da aceleração e travagem. Segundo a Honda, os engarrafamentos não são sempre causados por um acidente ou por entradas e saídas numa determinada via, mas também pela própria forma como os condutores sistematicamente aceleram e travam na estrada. É com esta combinação explosiva que a Honda pretende acabar.

De acordo com a empresa, este sistema poderá ser ligado a um servidor cloud e sincronizar os padrões de condução com os carros que vão imediatamente à frente, utilizando o sistema de Adaptive Cruise Control. Assim, a distância entre os carros mantém-se e os engarrafamentos – e os próprios acidentes – serão menores.

A Honda já testou este sistema e as conclusões são animadoras. O teste permitiu um aumento da velocidade média dos automóveis presos no trânsito em 23%, sendo que a eficiência de combustível melhorou em 8%.

São resultados promissores, sobretudo quando sabemos que, só nos Estados Unidos, os congestionamentos terão gasto 7,1 mil milhões de litros de combustível em 2010 – são €75 mil milhões (R$188 mil milhões) desperdiçados em tempo e dinheiro.

Isto não invalida, atenção, que as melhores formas de redução dos congestionamentos sejam, claro, menos carros na estrada. Há alternativas para isso: transportes públicos, mais pessoas a andar a pé e de bicicleta.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php