Hotel sul-africano recria casas dos Flintstones (com FOTOS)

O hotel dos Flintstones

Se já alguma vez imaginou como seria a vida humana na Idade da Pedra então este hotel é para si. Incrustado nas Montanhas Cederberg, na África do Sul, o Kagga Kamma oferece dez cavernas diferentes, que foram transformadas em quartos e permitem vistas privilegiadas sobre a paisagem envolvente.

No entanto, as grutas são artificiais, para não danificar as formações rochosas naturais, e fundem-se com o meio sem prejudicar a paisagem. Apesar de oferecer aos visitantes um vislumbre daquilo que seria a vida no tempo dos Flintstones, o Kagga Kamma está equipado com todos os luxos que o turista moderno aprecia. Adicionalmente, as montanhas que envolvem o resort possuem várias cavernas com pinturas rupestres com cerca de seis mil anos que podem ser visitadas.

Além das dez cavernas, o hotel possui ainda um quarto ao ar livre, onde os hóspedes podem dormir sob as estrelas e apreciar o céu, uma vez que a poluição luminosa não existe neste local.

O Kagga Kamma foi adquirido em 1986 por Willie de Waal, Pieter de Waal e Pieter Loubser, bem como as quintas adjacentes. Em 1987, os proprietários construíram um pequeno chalé para receberem amigos. Rapidamente perceberam que as pessoas queriam visitar e proteger o local. Assim, em 1988, os donos decidiram transformar o Kagga Kamma, que dista 250 km da Cidade do Cabo, numa reserva natural.

Quando não estão a disfrutar dos quartos incorporados nas grutas, os visitantes podem fazer caminhadas, percorrer os trilhos cicláveis ou fazer pequenas viagens de moto-quatro.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php