Índia: importação de peles de répteis, martas, raposas e chinchilas proibida

A decisão foi tomada recentemente e está a ser aplaudida por associações de defesa de animais em todo o mundo. Após decisão da Direcção Geral do Comércio Externo, está agora expressamente proibida a importação de peles de répteis, martas, raposas e chinchilas para a índia.índi

Organizações como a PETA, HSI e People for Animals já vieram a público aplaudir esta decisão. Gauri Maulekhi, directora da People for Animals, lembra que esta é uma indústria manchada de sangue e que esta nova medida é um raio de esperança. “Saudamos a Direcção Geral do Comércio Externo e o Ministério do Ambiente pelo seu firme compromisso de abolir a importação de peles. A indústria de peles exóticas, pelo e couro mata, espanca e esfola milhões de animais todos os anos em nome da frívola moda. Ficamos satisfeitos com o facto da Índia estar gradualmente a emular políticas para reduzir e eliminar a dor e o sofrimento desnecessários dos animais.”

Produto ainda associado a artigos de luxo na indústria da moda, as peles de animais como crocodilos, jacarés, martas, chinchilas, e tantos outros, continuam a ser usados nos dias que correm. São conhecidas várias quintas de criação espalhadas pelo mundo, feitas apenas tendo em vista a obtenção de lucros para os seus criadores. Nestes locais, os animais são mantidos durante meses –  por vezes até durante anos- em condições assustadoras, para que mais tarde as suas peles serviam como base para carteiras, cintos, sapatos e tantos outros artigos.

A medida agora implementada pela Índia vem trazer assim uma nota de esperança, é mais um passo tomado na eliminação destas práticas inimigas dos animais.

Foto: via Creative Commons 

Deixar uma resposta

Patrocinadores