INE: desde 1992 que os portugueses não consumiam tão pouca energia

As famílias e as empresas consomem cada vez menos energia, de acordo com os números publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) a partir de dados da Rede Eléctrica Nacional (REN).

Segundo as duas instituições, o consumo médio de energia eléctrica caiu 5,8% no primeiro trimestre de Maio, uma quebra histórica e que atingiu os 6,6% em Fevereiro, por exemplo. Este foi o ritmo de queda mais forte desde 1992, data em que o INE começou a estudar estes dados.

“A redução intensa no primeiro trimestre de 2012 reflecte a diminuição acentuada do consumo de electricidade, quer pelas famílias quer pelas empresas, facto que também pode estar associado ao aumento do preço ocorrido no final de 2011”, explicou fonte do INE ao Diário Económico.

Para além do aumento do IVA de Outubro, a redução da actividade económica também estará a levar o consumo de energia para níveis historicamente baixos. Como será no resto do ano?

Deixar uma resposta

Patrocinadores