Inês Catarina Pinto: “Comprar menos, comprar melhor”



Ao longo dos últimos anos, diversas marcas de moda apoiaram o conceito do consumismo ético através da criação de produtos que apoiam a sustentabilidade e o comércio justo e que se preocupam com os recursos humanos e naturais do Planeta Terra.

Apesar deste tipo de ações serem exemplares é um erro acreditar que comprar muitos produtos etiquetados como éticos vai ajudar a diminuir o consumismo compulsivo. Para sermos realmente consumidores éticos devemos ser também minimalistas, ou seja, seletivos naquilo que compramos.

Ao comprarmos apenas produtos, roupas ou outros objetos que realmente sejam importantes para nós estamos a diminuir o desperdício, afinal, é melhor comprar apenas uma camisola do que cinco que sejam de marcas que apoiem o consumismo ético.

No final, o ideal é encontrar um equilíbrio entre o minimalismo e o consumo ético. Se comprarmos menos coisas é bom, mas se as poucas coisas que comprarmos forem feitas num bom ambiente laboral, se apoiarem o comércio justo e se forem feitas com materiais que não prejudiquem o ambiente, ainda é melhor.

Inês Catarina Pinto é leitora do Green Savers e responsável pelo blog Minimal, dedicado ao minimalismo e o consumismo ético no mundo da moda. Quer publicar o seu artigo no nosso agregador? Envie-nos o seu texto para info@greensavers.sapo.pt ou cmartinho@gci.pt. Estamos à procura da sua inspiração ou desabafo.

Foto: Coralí Cros / Creative Commons



Notícias relacionadas

loading...
Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.