Inovadora troca de dívidas entre a Rússia e Moçambique desbloqueia €40 milhões para ajuda humanitária

Uma inovadora troca de dívida entre e Rússia e Moçambique permitiu alcançar um acordo inédito entre os dois países. O perdão de uma dívida de cerca de 34 milhões de euros da Rússia para com Moçambique permitiu o desbloqueio deste montante para acções do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PAM) a serem aplicadas neste país africano.

O montante ficará à responsabilidade do Programa Mundial de Alimentos das Nações Unidas (PAM), que deverá apoiar o governo moçambicano com refeições escolares para cerca de 150 mil crianças, ao longo de um período de cinco anos.

Para esta agência da ONU, o momento é de facto histórico, com os seus responsáveis a considerar o evento como “o maior swap’ de dívida da história do PAM”.

David Beasley, director executivo do programa, tem esperanças que esta inovadora troca tenha o condão de incentivar outros países a seguir o mesmo caminho, procurando “novos métodos [de apoio] que possam ajudar a alcançar os Objectivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) definidos pelas Nações Unidas.”

Nos últimos anos, Moçambique conseguiu reduzir para metade o número de pessoas a passar fome no país, mas mesmo assim cerca de um quarto da população do país está em situação de insegurança alimentar crónica ou desnutrição grave.

Foto: via Creative Commons 

Patrocinadores

css.php