Junta dos Olivais diz que desmatação dos espaços verdes está prevista para breve



A Junta de Freguesia dos Olivais, em Lisboa, reconhece atrasos na manutenção dos espaços verdes e deservagem dos caminhos pedonais, que tem sido criticada pelos moradores, adiantando que a desmatação já está prevista para a próxima semana.

Os moradores dos Olivais têm-se queixado do mau estado em que se encontram os espaços verdes, com relva e mato altos, acusando a Junta de não responder às suas reclamações.

Contactada pela agência Lusa, a Junta de Freguesia dos Olivais, reconhece, numa resposta escrita assinada pela presidente Rute Lima (PS), atrasos nos trabalhos de manutenção dos espaços verdes e dos caminhos pedonais e incómodos causados pelos mesmos.

A Junta justifica a falta de manutenção pelos “prazos procedimentais relativos ao concurso público internacional para ‘Aquisição de serviços de manutenção e conservação dos espaços verdes, arvoredo e deservagem de caminhos pedonais na Freguesia de Olivais’, que se encontra em curso”.

“Neste sentido, para suprir as necessidades de manutenção dos espaços verdes encontra-se em fase final o procedimento complementar, pelo que a manutenção, corte, deservagem e desmatação começará a ser efetuada em toda a freguesia na próxima semana”, segundo a nota da junta.

No que diz respeito às reclamações dos fregueses sobre a ausência de esclarecimentos, na nota assinada por Rute Lima, é referido que os munícipes têm recebido resposta por parte dos serviços da Junta, “informando e lamentando os constrangimentos”.

“Esta informação foi publicada no site da Junta de Freguesia de Olivais a 31 de janeiro de 2024 na página https://olivais.pt/manutencao-e-conservacao-de-espacos-verdes/”, é ainda referido.

Esta não é a primeira vez que os moradores dos Olivais se queixam da falta de manutenção dos espaços verdes transformados “em mato”.





Notícias relacionadas



Comentários
Loading...
viagra before and after photos what to expect when husband takes viagra