Londres proíbe restaurantes fast-food a menos de 400 metros das escolas

Combater a obesidade dos mais jovens é o objectivo do “Plano de Londres”, uma iniciativa do Presidente da Camara de Londres, Sadiq Khan, que entra agora em vigor. A proibição de restaurantes de fast food a menos de 400 metros de escolas primárias e secundárias é uma das medidas a implementar na capital inglesa.

Londres regista a mais alta taxa de obesidade infantil de todo o país, com mais de 40% das crianças da capital inglesa a terem peso a mais, ainda antes de terminarem o ensino primário.

Para combater estes números, Sadiq Khan defende uma fiscalização mais apertada a este tipo de estabelecimentos, para “evitar que novos restaurantes de fast food abram nas ruas das escolas, como parte de um pacote de medidas para desactivar a bomba-relógio da obesidade infantil e para nos ajudar a levar vidas mais saudáveis”, defendeu Sadiq Khan.

Foto: via Creative Commons 

Patrocinadores