Luís Veiga Martins, director-geral da SPV, nomeado presidente da Pro Europe

O director-geral da Sociedade Ponto Verde (SPV), Luís Veiga Martins, vai presidir nos próximos dois anos aos destinos da Pro Europe, uma organização multinacional que reúne 33 países e encabeça os sistemas de gestão de embalagens e resíduos de embalagens que usam o símbolo Ponto Verde.

A nomeação foi feita no início de Abril, sendo que Veiga Martins irá substituir, no cargo de presidente da Pro Europe, Henri Meiresonne, que liderou a organização nos últimos dois anos – e que agora se reforma.

Em comunicado, Luís Veiga Martins disse estar “muito empenhado” em conduzir a Pro Europe e “trabalhar de perto com todos os seus membros”.

“Acredito que a organização é uma plataforma essencial para o intercâmbio das melhores práticas e para expandir o conceito de responsabilidade alargada do produtor com o objectivo de se contribuir para uma Europa eficiente na utilização dos seus recursos», afirmou o responsável.

Recorde a entrevista recente de Luís Veiga Martins ao Green Savers: parte 1 e parte 2.

Já o director-executivo da organização, Joachim Quoden, mostrou-se satisfeito com a nomeação de Veiga Martins, tendo elogiado o trabalho do novo presidente. “Sob a sua liderança, a SPV promoveu com sucesso o conceito de responsabilidade do produtor, em Portugal”.

Fundada em 1995, a Pro Europe é constituída por 33 associados de 26 Estados-membros, dois países candidatos (Croácia e Turquia), e ainda a Noruega, Sérvia, Islândia, Ucrânia e Canadá. Cerca de 400 milhões de habitantes são abrangidos pela recolha selectiva financiada pelos sistemas membros da Pro Europe.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...