Manifesto sobre desenvolvimento sustentável do BCSD Portugal conta com mais 29 empresas

O BCSD Portugal – Conselho Empresarial para o Desenvolvimento Sustentável – é uma associação com mais de 100 empresas, que desenvolve a sua atividade nos domínios da Neutralidade Carbónica, da Biodiversidade, da Cadeia de Valor, da Economia Circular, das Finanças Sustentáveis e das Cidades Sustentáveis.

Com a crise gerada pela pandemia de Covid-19, o país teve uma paragem súbita em vários setores da economia, o que causou grande impacto nas empresas e na vida dos cidadãos. Os efeitos do confinamento social ainda se vão conhecendo a pouco e pouco, mas a resposta à crise “deve valorizar o investimento e o emprego, enquanto promove uma sociedade mais inclusiva e mantém o rumo traçado no sentido da transição para economias e sociedades de menor intensidade carbónica e que garantam os equilíbrios da biosfera”, defende o BCSD.

Assim, foi lançado o Manifesto “Aproveitar a crise para lançar um novo paradigma de desenvolvimento sustentável”, que promove um modelo de desenvolvimento mais sustentável baseado em cinco ideias fundamentais:

  • Promoção do desenvolvimento sustentável e inclusivo;
  • Promoção do crescimento;
  • Busca da eficiência;
  • Reforço da resiliência;
  • Reforço da cidadania corporativa.

Recentemente, aderiram ao movimento mais 29 empresas e a Associação Portuguesa para o Desenvolvimento das Comunicações (APDC). No total distinguem-se 93 signatários, que representam uma parte muito significativa do PSI-20 e do PIB português. Pode encontrar empresas como a Brisa, a SUMOL+COMPAL, a EDP e a LIPOR, entre muitas outras.

João Wengorovius Meneses, Secretário-geral do BCSD Portugal, afirma “Porque as crises constituem oportunidades ímpares para repensarmos o nosso futuro, o BCSD Portugal e os seus associados acreditam que este é o momento para lançar novas bases para um crescimento mais inclusivo, sustentável e, de um modo geral, para construir um novo modelo de partilha de valor com a sociedade e as futuras gerações”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...