Mansão britânica com 300 anos instala sistema de aquecimento ecológico (com FOTOS)

Oceano alimenta mansão histórica

O Tesouro Nacional Britânico vai equipar uma das suas mansões com um sistema de aquecimento ecológico, cuja fonte de calor será o oceano. O imóvel fica localizado no País de Gales e tem 300 anos. O calor será extraído do oceano através de bomba, que será a maior do género no Reino Unido.

A tecnologia será instalada perto da costa galesa, permitindo fornecer aquecimento ao Plas Newydd, que fica localizado no Estreito de Menai, perto da Snowdonia. A mansão do século XVIII era o maior consumidor de combustível do Tesouro Nacional, utilizando cerca de 1.500 litros de petróleo por ano para alimentar o sistema de aquecimento.

A nova tecnologia de 300 quilowatts vai custar cerca de €739,1 mil mas vai permitir poupanças anuais de €49,3 mil, refere o Guardian. O novo sistema de aquecimento vai utilizar a água do mar bombeada para conversor de calor, situado em terra, que vai gerar o aquecimento necessário à habitação.

A implementação do novo sistema de aquecimento em Plas Newydd é o primeiro de cinco programas piloto, com um financiamento de €6,5 milhões, que fazem parque do plano de investimento em energias renováveis do Tesouro Nacional Britânico. Se os programas piloto forem bem-sucedidos, o Tesouro espera implementar 43 projectos de energia renovável nos imóveis da coroa britânica.

Os outros quatro programas piloto estão a ser implementados no Croft Castel (sistema de biomassa), em Herefordshire, em Ickworth (caldeira de restos de madeira), em Suffolk, e Hafod y Porth, Snowdonia, e Stickle Ghyll (projectos hidroeléctricos), no Lake District.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php