Marca de carros Jaguar converte-se ao elétrico e sai dos motores de combustão

A marca de carros de luxo Jaguar, em dificuldades, vai tornar-se completamente elétrica em 2025, anunciou na segunda-feira, ao apresentar um plano para sair dos motores de combustão interna.

A Jaguar Land Rover (JLR), que é propriedade do conglomerado indiano Tata Motors, espera que a decisão ajude a mudar a situação da marca, velha de 86 anos, que para muitos é sinónimo de classe, mas que tem estado em situação difícil nos últimos anos.

A mudança para um futuro elétrico vai implicar mudar a produção de carro da fábrica em Castle Bromwich, a leste da cidade de Birmingham, em Inglaterra, para a vizinha Solihull.

O chefe executivo Thierry Bollore adiantou que a empresa está “a explorar oportunidades para redirecionar” a fábrica de Castle Bromwich, o que está a alimentar especulação em relação à sua reconversão para a produção de baterias.

A Jaguar Land Rover adiantou que a sua muito mais lucrativa marca Land Rover vai produzir o seu primeiro veículo totalmente elétrico em 2024.

“Temos todos os ingredientes à nossa disposição para reimaginar o negócio e as experiências que os nossos clientes querem, para reimaginar a referência do luxo”, disse Bollore.

A decisão foi bem considerada pelo secretário dos Transportes britânico, Grant Shapps, como um “grande passo para a indústria automóvel britânica”.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...