Marca portuguesa lança novo projeto de roupa em segunda mão

Reconhecendo a importância do seu papel na sociedade enquanto marca, e procurando cuidar do futuro do planeta, a Knot lançou recentemente o projeto de venda de roupa em segunda mão, re.love.

Através desta iniciativa, a marca portuguesa procura fazer os seus clientes repensarem sobre a forma como consomem, valorizando a venda e a compra de peças previamente usadas, e evitando ao máximo o desperdício.

O projeto re.love foi criado em julho de 2020 e tem por base um processo meticuloso de triagem. A roupa usada Knot deve ser entregue na loja “como nova”, para ser cuidadosamente lavada, etiquetada e voltar a ser vendida na loja online e em lojas selecionadas. Os clientes que entregarem peças usadas recebem saldo Knot+ através do programa de fidelização da marca, que poderá ser usado na compra de artigos re.love ou artigos novos, privilegiando assim formas alternativas de consumo. Associada a este projeto está a Fundação do Gil à qual é doada 5% das vendas re.love.

Lançada em 2008, a Knot foi criada por uma equipa 100% portuguesa, e nasceu com a missão de inovar no mercado nacional de roupa para criança, através de um conceito assente na família e na importância dos laços familiares enquanto fonte de segurança. Com uma ampla variedade de roupa e acessórios para crianças dos 0 meses aos 12 anos, a Knot reinventa peças clássicas através de detalhes divertidos, combinações de padrões originais e cores alegres.

As peças são maioritariamente desenhadas e produzidas em Portugal, em parceiros cuidadosamente selecionados, com materiais de elevada qualidade e privilegiando cada vez mais materiais orgânicos. O desperdício é evitado ao máximo, quer seja através da venda de artigos memories (de coleções anteriores), de artigos com pequenos defeitos ou amostras de coleção, ou de artigos previamente usados com o projeto re.love.

Agora, para além de manter a sua presença em Portugal através de 6 lojas próprias, 2 pontos de venda no El Corte Inglés e loja online, a Knot está presente em mais de 20 países através de lojas multimarca.

Num momento de retrospetiva, Carla Caetano, CEO da Knot, destaca a evolução da marca no online: “O crescimento do e-commerce acelerou com a pandemia porque estávamos preparados para que isso acontecesse. Estamos presentes em marketplaces internacionais desde 2016 e temos vindo sempre a crescer com os nossos parceiros. No final de 2021, mais de metade das nossas vendas serão online”.

Movida pela responsabilidade social e ambiental, a marca pretende continuar a expandir-se globalmente, bem como a encontrar novas formas que permitam uma cadeia de consumo sustentável.

Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.