“Mares e oceanos” alegram Carnaval de Torres Vedras

Terra com forte tradição carnavalesca, Torres Vedras decidiu ter os “mares e os oceanos” como tema da festa este ano. Aquele que é tido por muitos como o carnaval mais português de Portugal usa a natureza como motivo de celebração, lembrando no entanto que é urgente um esforço global de preservação dos oceanos.  

De 9 a 14 de Fevereiro são esperadas mais de 350 mil visitantes nas ruas de Torres Vedras, com a presença já confirmada de tubarões, sereias, piratas, polvos, medusas, cavalos marinhos e marinheiros.

Como a festa pode igualmente conciliar a folia com o lado mais educativo, a organização do Carnaval de Torres irá disponibilizar um copo inquebrável e reutilizável, evitando-se assim que no final da noite cada participante tenha gasto um impressionante número de copos descartáveis de plástico. O Ecocopo tem o preço de €1 e possui uma fita para colocar ao peito.

E se o Carnaval dura três dias, os resíduos deixados nas ruas de Torres Vedras duram muito mais. Assim, os resíduos recolhidos no recinto do Carnaval (perímetro de corso, ruas e praças) serão directamente reencaminhados para reciclagem.

Bem no centro da cidade está já desde 13 de Janeiro o monumento que dá mote ao Carnaval deste ano, a “Ira de Neptuno”, sob o tema “Mares e Oceanos”. Objectivo desta “Ira de Neptuno”? Provocar um tsunami para “pôr na ordem um planeta dramaticamente desgovernado”.

Uma oportunidade de ouro para a brincar a brincar, alertar os foliões para a preservação dos nossos oceanos.

Patrocinadores