Monsanto anuncia mudança de estratégia e investimento em produtos orgânicos

A Monsanto é uma das grandes multinacionais norte-americanas que operam no sector tecnológico da indústria alimentar. Com mais de um século de existência, a empresa ficou conhecida nos anos mais recentes, quando começou a recorrer, de forma polémica, aos organismos geneticamente modificados (OGM).

Porém, a multinacional anunciou recentemente que pretende mudar a sua estratégia de produção de alimentos, numa tentativa de apaziguar as críticas à utilização destes organismos modificados. De acordo com os dados disponibilizados pela Monsanto, a empresa está já a trabalhar numa gama de vegetais orgânicos perfeitos, sem recorrer a alterações genéticas. A empresa norte-americana está assim a produzir alfaces, pimentos, brócolos, melão, melancia e cebolas através do cruzamento de vegetais, técnicas que eram antigamente utilizadas de forma natural pelos agricultores.

Ainda assim, estes vegetais perfeitos estão a ser criados em laboratórios, utilizando todo o conhecimento científico acumulado pela Monsanto. Porém, a empresa afirma que estes novos vegetais “possuem todas as vantagens dos OGM mas sem terem sido geneticamente modificados”. Se a Monsanto continuar a produzir os seus vegetais desta forma e sem pesticidas, os brócolos e as alfaces perfeitas podem vir mesmo a ser comercializados como alimentos orgânicos.

“A empresa pode ganhar alguma confiança de volta. Não existe uma bala de reputação de prata, mas isto ajuda”, afirma David Stark, responsável pela divisão de organismos não geneticamente modificados da empresa, cita o Inhabitots.

Depois de tudo a que assistimos, nos últimos anos, ligado aos OGM e à Monsanto, parece um pouco estranho que a empresa mude de estratégia de um dia para o outro. Será verdade? Deixe-nos a sua opinião no Twitter, Facebook ou nos comentários a esta notícia.

Foto: John-Morgan / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php