No pico da Covid-19: Panda-gigante dá à luz dois gémeos

Nasceram há dois meses e meio durante o pico da Covid 19, na China. Na altura tinham apenas 100 gramas, agora pesam perto de quatro quilos e são o principal motivo de atenção no Centro de Pesquisa de Chengdu, na provincia de Sichuan. No berço passam a maior parte do tempo a comer ou a dormir.

Um deles chama-se “Reganmian”, o prato de massa mais popular da cidade de Wuhan, e o outro foi baptizado de “Danhonggao”, uma panqueca tradicional chinesa.

Os pandas gigantes são uma espécie em vias de extinção. No habitat natural existem apenas no centro e sul da China e são pouco mais de dois mil. A reprodução em cativeiro visa assegurar a preservação da espécie e serve para fornecer exemplares aos principais jardins zoológicos do mundo.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...