O edifício residencial mais verde do mundo

O edifício residencial será construído sobre grandes colunas, feito na forma de troncos de árvores gigantes. O espaço coberto no nível do solo mais baixo será um pequeno parque público de 1642 metros quadrados. O Urban Forest terá 30 andares e uma área total de 55 mil metros quadrados. No telhado, será montado montar um jardim de dois andares para os moradores da casa.

“A plantação vertical em prédios altos é parte de um novo movimento para trazer a vegetação, biodiversidade, oxigénio e benefícios para trazer a saúde mental de volta à vida urbana”, diz o arquitecto Koichi Takada. A Floresta Urbana atinge 300% de cobertura do local com vegetação viva, apresentando mais de mil árvores e 20 mil plantas selecionadas de 259 espécies nativas.

A sua forma geral é projetada para maximizar a luz natural e promover a ventilação cruzada, enquanto sua área verde também fornece isolamento extra. Outros recursos sustentáveis ​​incluem painéis solares, água da chuva e captação de água ja usadas para uso em irrigação, bem como o uso de materiais reciclados e de origem sustentável.

“Após a Covid-19, acho que é uma grande oportunidade para fazer uma pausa e repensar e não apenas adaptar, mas mudar o paradigma”, explica Takada. “Betão, aço e vidro são materiais industriais muito duros e sólidos”, continuou. “Vamos chamá-los de materialidade morta. Precisamos abraçar mais materialidade viva, arquitetura viva.”

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...