Odisseia para Marte: o projecto espacial de Elon Musk, criador da TESLA

odisseia a Marte

Foi durante a Conferência Astronáutica Internacional, em Guadalajara, México, que Elon Musk mostrou em detalhe o Interplanetary Transport System, um sistema que levará pessoas e carga para Marte. O CEO da SpaceX deu finalmente a conhecer, em detalhe, a sua ideia de levar vida para o conhecido planeta vermelho.

O plano passa por construir uma colónia autossustentável de humanos neste planeta, num projecto que terá capacidade para um milhão de pessoas. Com saída da Terra, apenas 100 pessoas poderão ser transportadas de cada vez, numa viagem rumo a Marte, onde as “condições para garantir a sobrevivência humana” estarão garantidas.

As viagens a Marte apenas são possíveis de dois em dois anos, o que fazendo as contas com os números de humanos a transportar, daria qualquer coisa como dez mil viagens espaciais. “É muita viagem”, brincou, o rosto por trás desta odisseia espacial, Elon Musk.

Os primeiros voos deste projecto estão marcados para o início de 2022. Ir viver para lá? Isso só lá para 2026, e mesmo assim “há uma grande hipótese de não conseguirmos, é um grande risco, mas vamos dar o nosso melhor.”

Se ficou a pensar inscrever-se como voluntário para embarcar nesta odisseia espacial, saiba que os critérios não são muitos exigentes. “As primeiras viagens para Marte serão muito perigosas. O risco de fatalidades será muito elevado. A selecção será algo como, ‘você está preparado para morrer? Se sim, então é um candidato para ir’”, conclui Elon Musk.

Fotos: Space X

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php