Organização moçambicana exibe hoje documentário sobre catadores de resíduos sólidos



O Centro de Produção de Programas para a Comunicação Social, uma organização moçambicana, lança hoje um documentário que retrata o quotidiano de catadores de resíduos sólidos em Maputo, para promover boas práticas na gestão do lixo.

O documentário denominado “Siku Ni Siku” vai ser exibido em escolas, centros comunitários e salas de cinema na cidade e província de Maputo e em outras principais cidades capitais do país, refere a organização num comunicado de imprensa enviado à comunicação social.

A exibição do documentário, que retrata a vida de pessoas que dependem do lixo para sobreviver, será acompanhada por uma “série de palestras” que visam uma maior consciencialização das comunidades para a promoção de boas práticas na gestão de resíduos sólidos.

A cerimónia de lançamento do documentário será dirigida pela diretora geral do Instituto Nacional das Indústrias Culturais e Criativas de Moçambique, Matilde Muocha e deverá contar com profissionais das áreas de saúde e ambiente.



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.