A Padaria Portuguesa junta-se à PRIO para transformar óleo alimentar usado num combustível sustentável



Em parceria com a PRIO, a rede de padarias está a reencaminhar os óleos alimentares usados nas suas cozinhas para a produção de um biocombustível avançado – Eco Diesel B15 -, que permite uma redução de até 18% das emissões de gases de efeito de estufa e uma redução de consumo que pode chegar aos 5% dada a respetiva eficiência de combustão.

O óleo alimentar usado é recolhido e posteriormente reciclado, permitindo abastecer a frota de 15 carrinhas que faz a distribuição de mercadorias em toda a rede d’A Padaria Portuguesa, com Eco Diesel B15. “Deixámos de ir aos postos de abastecimento. Agora, os abastecimentos são feitos três vezes por semana – às terças, quintas e sábados – no nosso centro logístico”, salienta Rita Neto, diretora de Marketing d’ A Padaria Portuguesa, citada em comunicado.

A Padaria está ainda a aceitar o óleo alimentar usado doméstico dos clientes em todas as 59 lojas, de maneira que também este seja alvo de tratamento e posterior transformação em Eco Diesel B15.

A parceria com a PRIO “é mais uma iniciativa que assinala a aposta d’A Padaria Portuguesa na economia circular, indo além da criação de produtos que resultam do desperdício zero, de que é exemplo a compota lançada este verão, feita a partir das cascas das laranjas usadas nos sumos naturais servidos em loja”, conclui a marca em comunicado.

 



Notícias relacionadas

loading...

Comentários estão fechados.