Parceria portuguesa cria coluna de iluminação pública sustentável

A Larus e a Vista Alegre, empresas históricas do distrito de Aveiro, desenvolveram uma nova coluna de iluminação pública, denominada RIA, que utiliza a porcelana enquanto principal elemento diferenciador e homenageia a Ria de Aveiro – com a ondulação e os animais marinhos.

O protótipo foi ontem apresentado nas jornadas do projeto europeu CERURBIS (Observatório Cerâmico do Espaço Urbano), que decorrem em Aveiro até 5 de dezembro. “Este novo e inovador conceito de iluminação nasce do know-how do mobiliário urbano da Larus e da cerâmica da Vista Alegre, que desafiaram o material cerâmico [em] novas prestações técnicas e estéticas, criando um equipamento que responde às necessidades das cidades e dos cidadãos”, explica a Larus em comunicado.

Para além do design, o equipamento responde às necessidades actuais de eficiência energética dos espaços urbanos, através do índice elevado de reflexão, associado à cerâmica (60 a 80%), e da luminária LED com dissipador.

Segundo Pedro Martins Pereira, fundador da Larus, a génese da RIA está associada a cinco pressupostos: “Aproveitar as propriedades da porcelana; obter uma projecção de luz não-directa e difusa; conceber um sistema energeticamente eficiente; criar um equipamento polivalente, capaz de se adaptar a diferentes contextos; e adaptar-se às novas tendências de design”.

Esta coluna vai representar a região de Aveiro nos espaços urbanos de Espanha, França e Portugal, países ligados à indústria cerâmica.

[nggallery id=1259 template=greensavers]

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...