Pavilhão do Conhecimento dedica domingo à Diversidade Biológica



Este domingo, o Pavilhão do Conhecimento – Centro Ciência Viva vai celebrar o Dia Internacional da Diversidade Biológica e convida-o para participar nas diversas atividades que tem programadas. Esta efeméride nasceu com base na Convenção sobre a Biodiversidade aprovada na Cimeira da Terra em 1992, tendo como objetivo sensibilizar para a conservação da biodiversidade e promover o desenvolvimento sustentável. Em 2022, a Organização das Nações Unidas decidiu focar-se no tema “Construir um futuro partilhado para toda a vida”.

No dia 22 de maio, os visitantes podem contar com experiências científicas e com uma sessão de cinema na parte da tarde, onde serão exibidas quatro curtas-metragens ligadas ao tema.

Das 11h00 às 18h30, a Bina Científica estará no espaço exterior do museu oferecendo experiências acerca dos vários organismos desempenham nos ecossistemas, nas cadeias alimentares e na monitorização da qualidade ambiental.

A partir das 15h00, no Auditório José Mariano Gago, iniciará uma sessão de apresentação da obra escrita comemorativa dos 25 anos do Festival CineEco – Festival Internacional de Cinema Ambiental da Serra da Estrela – o livro “Filmes do mundo em 25 anos de CineEco”. Cada participante receberá um exemplar. Serão depois projetadas as curta-metragens “Bem-vindo à sexta extinção” de Chiara Cant, “Migrantes” de Hugo Caby, Antoine Dupriez, Aubin Kubiak, Lucas Lermytte e Zoé Devise, “As aventuras do jovem Félix” de Ricardo Rámon, e “Echo” de Barzan Rostami. Os interessados devem inscrever-se no seguinte formulário.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.