Pintura rupestre mais antiga do mundo descoberta na Indonésia

Escondida nas profundezas da isolada ilha indonésia de Sulawesi, a representação de um porco é agora a pintura rupestre mais antiga do mundo.

Um grupo de arqueólogos anunciou a descoberta da pintura rupestre figurativa mais antiga do planeta, que se encontra na parede interna de uma caverna na Indonésia.

É uma obra milenar, escondida nas profundezas de uma área montanhosa e isolada da ilha de Sulawesi, que ultrapassou em milhares de anos outra pintura antiga descoberta no ano passado na mesma ilha.

De acordo com investigadores da Griffith University da Austrália e do principal centro de pesquisa arqueológica da Indonésia, Pusat Penelitian Arkeologi Nasional (Arkenas), a pintura recria a imagem de um porco verrugoso e data de cerca de 45.500 anos.

O trabalho encontrado na caverna de calcário de Leang Tedongnge na verdade detalha um javali endémico da ilha, de acordo com uma investigação co-liderada pelo professor do Griffith Australian Research Center for Human Evolution Adam Brumm.

O porco da pintura tem uma crista vermelha de pelos eretos e duas verrugas faciais na frente dos olhos pintadas com pigmento vermelho ocre, e parece observar uma interação entre dois outros animais da sua espécie.

É importante destacar que a comunidade Bugis que mora no isolado vale de Sulawesi lembra que quando os especialistas chegaram à área em 2017, era a primeira vez que ocidentais visitavam a área e, portanto, a pintura rupestre era apenas conhecida pelos locais.

Além disso, o trabalho sugere a presença de humanos, há cerca de 65 mil anos, nas ilhas oceânicas entre a Ásia e a Austrália-Nova Guiné, área chamada Wallacea, pela qual tais grupos devem ter viajado para chegar à Austrália.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...