A Ikaros Solar e a Hemera Energy criaram a joint-venture Ikaros-Hemera, especializada no fornecimento e instalação de sistemas solares fotovoltaicos para o mercado empresarial.

Detida em 50% por cada accionista, esta nova empresa resulta “num projecto com sólida experiência na área, no que diz respeito à instalação de sistemas fotovoltaicos em grandes clientes”, explica o comunicado de imprensa da Ikaros-Hemera, citado aqui pelo Construir.

A joint-venture realça também a capacidade desta empresa para “a concepção de modelos de negócio adequados a cada cliente, numa óptica de investimento financeiro, com garantia de produção até 95%”.

Segundo o comunicado de imprensa, esta joint venture é o resultado da vontade das duas empresas em investir num país “onde o recurso ao sol é abundante, a legislação é favorável” e a tendência do custo da tecnologia é de decréscimo. Isto “faz com que Portugal seja dos primeiros países na Europa a chegar à paridade de rede”, revelam.

“Decidimos juntar-nos a quem tem o know how e forte capacidade de implementação nesta área e acredito que este seja a única empresa nacional do sector fotovoltaico focada exclusivamente no mercado empresarial”, declarou o director-geral da Ikaros-Hemera, Duarte Sousa.

“Estamos muito focados neste segmento empresarial, para projectar, fornecer e instalar sistemas solares fotovoltaicos, sustentados no know how e experiência internacionais”, explica o responsável, assegurando que, “só no ano passado, a Ikaros Solar instalou uma potência na ordem dos 40 MW, ou seja, equivalente à potência permitida para todo o mercado português em 2012”.

A Hemera Energy, recorde-se, integra a Quifel Natura Resources, empresa de Miguel Pais do Amaral. Já a Ikaros Solar é detida pela família Deveis e pelo Crédit Agricole Private Equity.

Deixar uma resposta