Primeiro pneu do novo edifício ecológico da Póvoa do Lanhoso colocado na sexta-feira

A cerimónia de lançamento da primeira pedra – neste caso, do primeiro pneu – da sede da tecnológica portuguesa Plako decorre esta sexta-feira, 9 de Maio, pelas 11h na Póvoa do Lanhoso.

O edifício ecológico utilizará quase dois mil pneus usados e será construído em Águas Santas, junto ao rio Cávado. O edifício vai chamar-se Utopia e reutilizará dois milhares de pneus usados fazendo uso de uma técnica de construção desenvolvida pelo eco-arquitecto Michael Reynolds, que reduzirá em 70% as emissões de carbono e terá níveis de eficiência energética superiores aos dos materiais de construção convencionais.

Para reduzir ao máximo o impacto ambiental, estão previstas inúmeras medidas que vão além da construção inspirada nas técnicas de Reynolds. Desde uma mancha de árvores no espaço envolvente ao edifício a uma horta capaz de satisfazer grande parte das necessidades da cantina e medidas mais comuns, como a reutilização das águas pluviais para rega, o aquecimento de águas a partir da energia solar, a microgeração, reciclagem e a demótica.

Sob o mote Somos Absurdamente Optimistas, um dos grandes objetivos que a Plako pretende alcançar com este projecto é contagiar o cidadão comum, despertando-o para a necessidade de lutar pela preservação do ambiente.

O projecto conta com o apoio da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, Quercus, Braval, Escola de Engenharia e Laboratório de Física e Tecnologia da Construção da Universidade do Minho, iiSBE Portugal e AEBA.

Foto:  association GADEL Lot / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php