Het Arresthuis

É possível, sim, dar nova vida mesmo a lugares improváveis. E sustentabilidade também é isto: reabilitar em vez de construir. Foi o que aconteceu com uma antiga prisão, na cidade histórica de Roermond, no sul da Holanda, que se transformou num hotel de excelência – o Het Arresthuis.

Este hotel foi construído dentro de um edifício construído em 1862 como casa de detenção. Depois de muitos anos a receber presos, o local foi abandonado e, depois de passar por uma reforma completa, reabriu em 2013 como um hotel cinco estrelas.

O Het Arresthuis foi redesenhado para aproveitar totalmente os espaços, mantendo a história da prisão, opção inteligente de preservação da memória daquele lugar. As 150 celas foram transformadas em 36 quartos, 7 suítes de luxo e 4 suítes presidenciais que ganharam os nomes de: Suíte do Director, Suíte do Carcereiro, Suíte do Advogado e Suíte do Juiz.

Segundo o jornal brasileiro Globo “a decoração, a infraestrutura e a comida, porém, em nada lembram a vida difícil dos ‘hóspedes’ da época da prisão. O Het Arresthuis tem sauna, sala de ginástica, ambientes com móveis de design e restaurante de comida contemporânea”.

É caso para dizer que a maioria de nós não se importaria de passar férias na prisão – desde que fosse nesta!

Foto: Het Arresthuis