Propriedade mais cara do mundo vendida por €275 milhões em Paris (com FOTOS)

A casa mais cara do mundo

Uma mansão de Paris, edificada em 2011, tornou-se na propriedade habitacional mais cara do mundo ao ser vendida por €275 milhões, de acordo com a imprensa internacional. Construída em homenagem à arquitectura da época de Luís, o Grande, a mansão tem uma adega, clube nocturno, sala de cinema e salão de festas.

Localizada entre Versales e Marly-le-Roi e com 23 hectares de tamanho, a mansão está escondida por uma vasta área verde e terá sido vendida a um magnata do Médio Oriente, um negócio mediado pela Christie’s International Real Estate, assegura a Bloomberg.

Numa altura em que a construção sustentável está na moda, estas características terão, porém, ficado de fora deste projecto. A casa tem acabamentos em ouro, chão de mármore e murais idênticos aos da Capela Sistina, obra-prima de Michelangelo. Todos os cantos da mansão são consistentes com os standards do século XVII, pelo que é de prever que as renováveis estejam fora dos planos arquitectónicos.

Até este negócio, a propriedade mais cara do mundo tinha custado €221 milhões, em Londres.

Deixar uma resposta

Patrocinadores