Recuperar a nossa história e economia com a Rota dos Moinhos (com VÍDEO)

Durante décadas, o moinho foi o sustento da família de Luís Maia – dos seus antepassados e de si próprio. Um dia, Luís emigrou à procura de uma vida melhor e, quando finalmente voltou a Albergaria-a-Velha, ele percebeu que este moinho, que faz parte da história da sua família, estava praticamente destruído.

Então, ele não descansou enquanto não reconstruiu a casa dos seus avós e o moinho. “É uma grande homenagem aos meus avós”, explicou, emocionado, ao Economia Verde. Mas Luís não se fica por aqui. Todos os meses, ele abre o moinho e conta os saberes antigos aos mais novos.

“Há pessoas que gostam de ver, e eu não fecho a porta a ninguém. Quem quiser ver, vê”, explica.

O Moinho do Maia parte milho para rações e faz farinha que vai passar a ser vendida por todo o país. Esta última parte deve-se à Rota dos Moinhos, um projecto desenvolvido pela câmara de Albergaria-a-Velha e que pretende dinamizar a economia local e reavivar a história de um concelho que já teve mais de 300 moinhos.

“Tivemos uma grande adesão dos proprietários [de moinhos] do concelho, que viram que, pela primeira vez nas últimas décadas, começaram a valorizar o seu património e as memórias associadas a esta actividade. Até porque ela tem algo de sentimental para as pessoas, porque é algo que passa de geração em geração”, frisou ao Economia Verde o promotor da Rota dos Moinhos, Armando Ferreira.

Outro dos moinhos desta rota é o Porto de Riba, restaurado pela Associação de Apoio aos Deficientes Mentais do concelho e que é agora um espaço de lazer e, em breve, um parque aberto ao público. “Temos bastantes utentes com uma deficiência grande, que não são autónomos e aqui podem usufruir de um espaço”, explicou Isabel Fonseca, assistente da associação.

O próximo passo é produzir e comercializar três tipos de farinha, entrando no mercado gourmet e vender, por todo o país, uma farinha com história. Veja o episódio 254 do economia Verde, que mistura a sustentabilidade e economia local com o voluntariado e bem-estar da comunidade.

Foto:  Fr Antunes / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php