Reino Unido: vestígios de cocaína estão a contaminar a água potável

O consumo de cocaína no Reino Unido está a atingir níveis desmesurados. Vestígios da droga foram encontrados recentemente nas casas de banho do Parlamento; um dos principais clubes da Premier League, principal campeonato de futebol, está envolvido num escândalo com a droga; e um proeminente banqueiro foi recentemente acusado por posse de cocaína.

A cocaína, ao contrário de muitos outros bens, é mais barata no Reino Unido do que em qualquer outro país da Europa Ocidental. Assim, o Governo estima que 4,4% da população entre os 25 e os 29 anos consome cocaína em pó.

O consumo de drogas no Reino Unido é tão elevado que afectou já a água potável. As autoridades sanitárias descobriram recentemente vestígios de benzoilecgonina – a forma metabolizada da droga – em quatro estações de tratamento de água.

A droga foi encontrada durante testes que estavam a ser realizados para avaliar os factores de risco que envolvem a possibilidade dos medicamentos poluírem a água potável. Os vestígios de cocaína foram identificados na água já tratada, pronta a abastecer as casas dos britânicos. Contudo, a concentração de droga encontrada não é suficiente para afectar quem a consumiu.

As autoridades não sabem ainda a origem da contaminação. “Não especulámos sobre a fonte dos vestígios e a investigação não cobriu esse aspecto”, afirmou Sue Pennison, inspectora, ao Washington Post. Além da cocaína, a droga mais consumida entre os britânicos é a marijuana.

Foto:  tanjila / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores