Revista da TAP elogiada pelas Nações Unidas

A edição de Abril da Up, a revista de bordo da TAP, vai estar patente no Museu da Biodiversidade, em Nagoya, no Japão, e será mostrada durante a 66ª Assembleia-geral das Nações de Unidas, que reunirá em Nova Iorque no próximo ano.

De acordo com o Diário Económico, a edição que estará em destaque no Museu da Biodiversidade dedica a sua capa à Amazónia. De acordo com a TAP, esta edição terá chegado a cerca de um milhão de leitores – número médio mensal dos passageiros da transportadora.

Para além de estar em exposição em Nagoya, este Outubro, e na Assembleia-Geral das Nações Unidas, em 2011, a revista fará também parte da exposição permanente do secretariado-geral da Convenção para a Biodiversidade em Montreal, no Canadá.

De acordo com Paula Ribeiro, directora da Up, este reconhecimento do Museu da Biodiversidade chega numa altura em que a publicação se tornou na primeira revista de bordo “a compensar 100% as emissões de carbono produzidas para a produção da revista, numa parceria com a E.Value”.

E o porquê da distinção das Nações Unidas? “Fizemos uma edição apenas com preto, branco e amarelo, gastando assim menos tinta e chamando a atenção para a responsabilidade de todos na preservação da floresta”, explica Paula Ribeiro.

A Up, que já está disponível para iPad, chegará a um milhão de pessoas todos os meses. A edição de Abril deste ano, sabe-se agora, deverá chegar a muitos mais.

Deixar uma resposta