Rock In Rio Lisboa recebe certificado de sustentabilidade

O Rock in Rio-Lisboa é um dos primeiros eventos do mundo a ter o certificado de sustentabilidade em conformidade com a norma internacional ISO 20121. O evento de música e entretenimento foi igualmente escolhido pela organização da EE Music para ser um case study, a nível nacional, pelas boas práticas de eficiência energética e sustentabilidade.

Em comunicado, a organização do festival lisboeta explica que o evento junta-se ao festival de Glastonbury, ao the Melt! Festival e ao Estádio de Wembley , que já integram este projecto por serem exemplos de sustentabilidade em eventos de música.

A EE Music é uma rede de entidades que visa promover a sustentabilidade de eventos de música, em toda a Europa, e que reconhece agora o impacto do projeto “Por Um Mundo Melhor” e da política de sustentabilidade do Rock in Rio.

“Sendo uma norma que tem por objectivo a melhoria contínua, e que exige uma manutenção da certificação a cada nova edição do Rock in Rio, independentemente da cidade onde se realiza, o Rock in Rio-Lisboa assume o compromisso da adoção dos requisitos desta norma, pela primeira vez em Portugal, pondo em prática as melhorias identificadas na edição anterior, e assim sucessivamente a cada nova edição”, explica a organização em comunicado.

Nas suas 13 edições, em três cidades de dois continentes, o Rock In Rio já criou 139.500 mil empregos directos e indiretos, tendo investido mais de €17,6 milhões (R$ 57,1 milhões) em causas socio-ambientais.

“Durante a auditoria da APCER para a ISO 20121 no Rock in Rio, constatámos com grande surpresa e satisfação que já tínhamos como compromisso interno muitas das indicações da norma. Pela responsabilidade de ser o maior evento de música e entretenimento do mundo e pela ambição de ser a maior marca de música do mundo, acreditamos que é nosso dever assumir não apenas as nossas próprias responsabilidades, mas também termos um compromisso coletivo, enquanto cidadãos e profissionais, nas atividades do dia-a-dia, em busca de um mundo mais sustentável”, frisou Roberta Medina, vice-presidente executiva do Rock in Rio.

Em 2013, a edição do Rio de Janeiro do Rock in Rio já tinha recebido a certificação da norma ISO 20121 – eventos sustentáveis.

Recorde uma entrevista exclusiva de Roberta Medina ao Green Savers, datada de Março de 2011. Parte 1 e parte 2.

Foto: Rodrigo Sá / Creative Commons

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php