Sustentável até que a morte nos separe. Esta urna de gelo pode prolongar esse laço



A morte faz parte do percurso de vida de todas as espécies. A maneira tradicional de nos despedirmos de um ente querido, ou de um animal, é retratada no funeral.

Cada vez mais, surgem novas opções além do comum enterro no cemitério. Hoje em dia existem pessoas que optam pela cremação, e muitas das cinzas são lançadas ao mar ou nos rios. A água está presente em muitas culturas como algo sagrado, símbolo da vida, sendo por isso uma preferência.

A Designer Diane Leclair-Bisson criou a “Urna de gelo”, um produto que ganhou galardões como o Prémio de Ouro da Design Society e o Prémio de Prata de Design Eco-sustentável do European Product Design Awards.

Esta urna consiste num bloco de gelo, onde são depositadas as cinzas, que pode ser lançado em qualquer zona com água e que vai flutuando até derreter por completo no meio natural. É uma forma de homenagem mais ecológica e sustentável, que não desgasta os recursos naturais nem polui o ambiente.



Notícias relacionadas

Comentários estão fechados.