Sonae e MC lideram combate às alterações climáticas a nível mundial, segundo CDP



A Sonae e a MC foram distinguidas pela sua liderança no combate às alterações climáticas pelo CDP (Carbon Disclosure Project). A organização ambientalista global sem fins lucrativos integrou as duas empresas na sua “A List”, que reúne as companhias com melhor desempenho e transparência a nível mundial, foi divulgado em comunicado.

Segundo a mesma fonte, a avaliação, realizada pelo CDP, pontuou mais de 23 mil empresas em todo o mundo, com apenas cerca de 1% a registar o nível de excelência da Sonae e da MC. As duas empresas alcançam, então, o nível “A” da organização que detém a maior base de dados ambiental do mundo, tendo entrado na exclusiva lista das empresas líderes.

João Günther Amaral, administrador executivo da Sonae, afirma: “O combate às alterações climáticas é urgente e já faz parte da nossa forma de estar nos negócios. Permanecemos focados no nosso compromisso de atingir a neutralidade carbónica até 2040 e no nosso papel impulsionador da transição climática. Este resultado positivo e em dose dupla é um reconhecimento muito importante, vindo da entidade que é a referência mundial nesta avaliação e que nos coloca no mesmo patamar de excelência dos gigantes da economia mundial”.

De acordo com Isabel Barros, Administradora Executiva da MC, “O envolvimento das nossas equipas no desenho e implementação do Roadmap de Descarbonização das Operações da MC permitiu alcançar, no último ano, uma redução de 34% das emissões face a 2018. Um resultado que desafiámos com o estabelecimento de novas metas alinhadas com a ciência climática e validadas pela Science Based Targets Initiative (SBTi). Dessa forma, em 2023, revimos a nossa ambição e comprometemo-nos com uma redução de 51% das emissões das nossas operações até 2032, face a 2022, e uma redução de 31% das emissões da nossa cadeia de abastecimento”.

A Sonae, como gestora ativa de portefólio, orienta as suas empresas para compreenderem os impactos na sua cadeia de valor, definir planos de ação e metas ambiciosas alinhadas com a ciência. Os resultados alcançados “refletem a aposta da Sonae e da MC no desenvolvimento sustentável dos seus negócios e resultam de políticas ativas de sustentabilidade ambiental”.

Entre as ações desenvolvidas pela Sonae e pela MC estão: medidas de eficiência energética com impacto ao nível dos consumos de energia e na redução da dependência de combustíveis fósseis, através do aumento da produção própria de energia recorrendo a fontes renováveis e aquisição da mesma a diferentes fornecedores com níveis de emissões mais baixos; a descarbonização da frota; o combate ao desperdício e aos materiais de uso único; a promoção da reciclagem; a poupança de água; a regeneração de florestas; a aposta em serviços circulares; e, a redução do consumo de recursos naturais.

As pontuações do CDP são amplamente utilizadas para orientar decisões de investimento e de compras no sentido de uma economia com zero emissões de carbono, sustentável e resiliente. Em 2023, mais de 740 instituições financeiras com mais de 136 mil milhões de dólares em ativos solicitaram às empresas que divulgassem dados sobre impactos, riscos e oportunidades ambientais através da plataforma do CDP. Um número recorde de 23.000 empresas responderam. O CDP utiliza uma metodologia detalhada e independente para avaliar estas empresas, atribuindo uma pontuação de A a D- com base na abrangência da divulgação, consciencialização e gestão dos riscos ambientais e demonstração de melhores práticas associadas à liderança ambiental, como a definição de metas ambiciosas e alvos significativos.

Sherry Madera, CEO do CDP, afirma: “Ganhar um lugar na Lista A é mais do que apenas pontuação. É uma indicação de dados completos e de alta qualidade que dotam as empresas de uma visão holística do seu impacto ambiental, servem como base para planos de transição e – o que é crucial – permite-lhes concretizar as suas ambições.”





Notícias relacionadas



Comentários
Loading...
viagra before and after photos what to expect when husband takes viagra