Startup chinesa começa a fabricar baterias sólidas

Uma startup chinesa afirma ter começado uma linha de produção para baterias de estado sólido, a tecnologia que se acredita será o próximo salto tecnológico relativamente ao que se usa atualmente, os iões de lítio.

Todavia, e na longa história dos anúncios sobre novas tecnologias referentes a baterias, raramente vemos algo que se concretize num produto. Por isso, é preciso olharmos para este anúncio com algum ceticismo, pelo menos até vermos veículos elétricos realmente movidos a baterias de estado sólido – até porque, recentemente, a Panasonic, um dos gigantes das baterias, disse que a tecnologia de estado sólido ainda está a uma década de distância.

 

O dobro da densidade energética
O que foi, então, anunciado? A Qing Tao Energy Development, uma startup que teve origem na Universidade de Tsinghua, uma das mais bem conceituadas do ponto de vista tecnológico na China, diz que conseguiu desenvolver a primeira linha de produção de baterias de estado sólido. A fábrica terá capacidade para produzir 100MWh por ano e as baterias apresentam uma densidade energética superior a 400Wh/kg, cerca do dobro do que a tecnologia de iões de lítio consegue neste momento.

Neste momento, as baterias são usadas para “equipamento especial e produtos digitais topo de gama”, mas a empresa diz estar em conversas com várias empresas de veículos elétricos.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...