Tesouros perdidos da Atlântida egípcia expostos pela primeira vez ao público (com FOTOS)

Os tesouros perdidos do Nilo

Os tesouros perdidos nas cidades conhecidas como a Atlântida do Egipto, submergidas há 1.000 anos, serão pela primeira vez exibidas ao público no British Museum, mais de vinte anos depois de terem sido recuperados das águas do Nilo.

Estátuas gigantes – uma delas com 5,4 metros –, joalharia em ouro e tábuas com hieróglifos, que durante séculos se pensavam perdidas, são alguns dos tesouros que os londrinos – residentes e turistas – poderão apreciar nos próximo tempos. Os tesouros pertencem às cidades de Heracleion e Canopus, construídas no delta do Rio Nilo, e que agora permanecem enterradas em três metros de lodo.

Muitas destas preciosidades foram apenas recolhidas nos últimos anos – as últimas das quais em 2012 – e, ainda que tenham estado 1.000 anos submergidas, encontram-se em bom estado.

Segundo o Mail Online, os mergulhadores descobriram o local dos tesouros e passaram quase duas décadas a traze-los para a superfície. A exposição terá 300 itens e estará patente de Maio e Novembro de 2016.

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php