Tetra Pak adopta novas metas de redução de impacto climático

A Tetra Pak assumiu o compromisso de reduzir em 40% (mínimo) as emissões de gases com efeito de estufas (GEE) nas suas operações até 2030, tendo como base de referência os valores registados em 2015. A trabalhar com a iniciativa Science Based Targets (SBT), a Tetra Pak estabeleceu também como objectivo para 2040 que as emissões de GEE sejam 58% inferiores às registadas há um ano atrás.

Ao proceder desta forma, a Tetra Pak torna-se a primeira empresa na indústria de embalagens alimentares em todo o mundo a ter as suas metas de redução de impacto climático aprovadas pela SBT.

Para alcançar estas metas, a Tetra Pak irá centrar a sua actuação em três áreas-chave: no impulso da eficiência energética, com o objectivo de reduzir em mais 12% a utilização de energia; na aquisição de electricidade proveniente de fontes renováveis, no investimento em projectos de energia renovável e em sistemas de certificação da energia renovável; na instalação on site de sistemas de energia renovável, como painéis solares. Há ainda o compromisso por parte da empresa em reduzir as emissões de gases com efeito de estufa em toda a cadeia de valor em 16% por unidade de receita até 2020, tendo 2010 como ano-base.

Mário Abreu, Vice-Presidente Ambiente da Tetra Pak, refere: “A colaboração com a iniciativa SBT ajudou-nos a definir, com precisão e de forma científica, as nossas metas de emissão de gases com efeito de estufa e a direcção para o futuro da empresa. As novas metas garantem que estamos aptos a demonstrar, de forma aberta e transparente, o nosso contributo para uma economia de baixo carbono, juntamente com os nossos clientes e outras partes interessadas.”

Cynthia Cummis do World Resources Institute (WRI) referiu: “A iniciativa SBT fornece uma metodologia de base científica às empresas que procuram de forma séria incorporar a sustentabilidade na sua prática de negócios e querem fazer a sua parte no sentido de evitar os piores impactos decorrentes das alterações climáticas. A Tetra Pak é a primeira empresa de embalagem para alimentos que completa o processo de revisão de metas connosco e estamos muito satisfeitos por vê-la juntar-se a um número crescente de empresas que compreendem os benefícios da transição para uma economia de baixo carbono.”

A Science Based Targets resulta de uma parceria entre o CDP, WRI, WWF e UN Global Compact que pretende mobilizar as empresas para o estabelecimento de metas de redução de emissões em linha com a ciência do clima. Desde o seu lançamento em 2015, 208 companhias assumiram o compromisso de estabelecer metas de base científica e 33 delas, em diferentes indústrias, viram as suas metas aprovadas pela iniciativa.

Foto: via Creative Commons 

Deixar uma resposta

Patrocinadores

css.php