com o apoio
em modo Escuro poderá poupar até 30% de energia. Saiba mais

Um bairro flutuante com casas sustentáveis

É um bairro diferente: flutua e é amigo do ambiente. Está a ser construído em Amesterdão. Face à subida do nível das águas, esta ideia inovadora também chama a atenção para as consequências nefastas das alterações climáticas.

A cidade holandesa tem uma longa tradição de ocupar seus canais com barcos que servem como moradias. Mas um projeto que envolve pelo menos 20 arquitetos promete ir além: construir uma espécie de vila com residências flutuantes, feitas em terra firme e instaladas posteriormente sobre a água. Os primeiros moradores já começaram a chegar.

“É uma forma de vida diferente, com esta luz toda a brilhar e a reflectir. E de certa forma estamos mais perto da Natureza”, diz um dos moradores à Euronews. Cada edifício tem um design diferente mas todas as casas têm uma coisa em comum – flutuam em jangadas de betão presas a pilares. A base flutuante suporta centenas de toneladas, por isso tem de ser equilibrada com precisão por arquitectos. “À partida temos de calcular tudo o que será colocado e quanto irá pesar, senão começa a afundar-se”, explica Jorrit Houwet, arquitecto, à Euronews.

As casas foram construídas em terra e depois transportadas por um barco. “O que queremos demonstrar com isto é que é possível viver na água em casas muito sustentáveis e em comunidade de forma sustentável. É o que queremos mostrar ao mundo”, acrescenta outro dos moradores. As casas são abastecidas com energia solar e são usados materiais amigos ambiente. A fachada da casa é feita de cortiça.

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...