Uma avó em Silicon Valley

Tem 92 anos e faz parte da equipa estrela de desenhadores da IDEO, a empresa de Silicon Valley que desenhou o primeiro rato para a Apple. Barbara Knickerbocker-Beskind podia ser bisavó de quase todos os seus colegas.

Aos dez anos queria ser “inventora”, mas na época não se aceitavam mulheres em engenharia, por isso Bárbara formou-se em Desenho e Artes e tornou-se terapeuta. Nos anos 40, durante a Segunda Guerra Mundial, teve a possibilidade de dar largas à sua veia criativa. Aliando as suas competências em desenho e terapia ocupacional, concebeu aparelhos para ajudar soldados que por vários motivos tinham ficado com os membros inferiores incapacitados a andar pelos seus próprios meios. Antes mesmo dessa experiência já tinha criado uma infinidade de coisas para consumo doméstico. Durante os anos da grande depressão – no início da década de 30 do século passado – quando faltava tudo, ela inventou ou adaptou muitos objectos que a família não podia comprar.

Foi este espírito engenhoso e irrequieto que a levou, aos 89 anos, a escrever a David Kelley, o fundador da empresa onde agora trabalha. Tinha acabado de assistir a uma entrevista que ele dera à televisão e sentiu que era pessoa para a incluir, sem preconceitos, na sua equipa de criativos.

A sua intuição não a traiu. Kelley ficou seduzido pela sua história de vida e sobretudo pela sua garra. Passada uma semana Bárbara recebeu resposta. Foi convidada a conhecer a IDEO e logo depois a trabalhar num projecto que a empresa tinha em curso destinado ao mercado da terceira idade. Hoje é, sem favor, uma das estrelas de Silicon Valley.

Foto: IDEO via BBC

Notícias relacionadas
Comentários
Loading...